Mês: janeiro 2021 Page 1 of 3

Câmara Municipal retorna às atividades legislativas nesta terça-feira, 2

As atividades legislativas na Câmara Municipal de São Luís serão retomadas nesta terça-feira, dia 2. Uma sessão solene que será realizada às 9h, marcará o início dos trabalhos do Legislativo Municipal, no Plenário Simão Estácio da Silveira, na capital maranhense.

Em virtude da pandemia causada pelo novo coronavírus, a sessão desta terça-feira terá restrições. Ela será realizada de forma híbrida, ou seja, parte dos vereadores estarão no plenário, enquanto o restante fará parte do momento solene por meio de videoconferência. Além disso, no plenário, será obrigatório o uso de máscaras e respeitado o distanciamento social, conforme as recomendações das autoridades médicas e sanitárias.

Renovação – A Câmara Municipal de São Luís teve uma renovação parlamentar de 48% após as eleições do ano passado. Nessa perspectiva, são grandes as expectativas para a retomada das atividades nesta nova legislatura que está se iniciando. Além disso, pela primeira vez na história da Casa, haverá um mandato coletivo formado por seis co-vereadores.

A sessão desta terça-feira também marcará o início dos trabalhos da nova Mesa Diretora da Casa, eleita no dia 1º de janeiro deste ano. A mesa é composta pelos seguintes parlamentares: vereador Osmar Filho (PDT), como presidente; vereador Dr. Gutemberg Araújo (PSC), como 1º vice-presidente; vereador Paulo Victor (PCdoB), como 2º vice-presidente; vereador Thyago Freitas (DC), como 3º vice-presidente; vereador Octávio Soeiro (Podemos), como 1º secretário; vereador Aldir Júnior (PL), como 2º secretário; vereador Ribeiro Neto (PMN), como 3º secretário; vereadora Karla Sarney (PSD), como 4º secretária; e vereadora Rosana da Saúde (Republicanos), como a 5º secretária.

O presidente da Casa, vereador Osmar Filho, abrirá a sessão solene com um pronunciamento aos parlamentares e demais presentes. O evento poderá ser acompanhado ao vivo pelo site da Câmara (www.camara.slz.br) e também por meio do seu canal no YouTube.

Foram convidados para o momento solene, o governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB); o prefeito de São Luís, Eduardo Braide (Podemos); o presidente da Assembleia Legislativa, deputado estadual Othelino Neto (PCdoB); o procurador-geral de justiça do Maranhão, Eduardo Jorge Hiluy Nicolau; o presidente do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJ-MA), desembargador Lourival Serejo; o presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão (TRE-MA), desembargador Tyrone José Silva; e o presidente da OAB Maranhão, Thiago Diaz.

As sessões deliberativas da Câmara Municipal continuarão sendo realizadas de forma híbrida, em virtude da pandemia do novo coronavírus. Os setores administrativos continuam operando com quantidade reduzida de servidores, em escala de rodízio.

Maranhão foi o estado que mais criou empregos em 2020 na região nordeste

O Maranhão teve saldo positivo de 19.753 novos empregos com carteira assinada em 2020. Segundo o Governo, este é o melhor desempenho registrado entre os estados da região Nordeste e o sétimo melhor em todo o Brasil. 

Ainda de acordo com os dados divulgados nesta semana pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados, do Ministério da Economia, o Maranhão também teve o quarto maior crescimento proporcional entre todos os 26 estados e o Distrito Federal. A alta foi de 4,11% em relação a 2019. 

No Nordeste, cinco estados tiveram desempenho positivo (Maranhão, Ceará, Paraíba, Alagoas e Rio Grande do Norte) e quatro tiveram desempenho negativo (Piauí, Sergipe, Pernambuco e Bahia). O governador Flávio Dino destacou: 

“Fechamos 2020 com um dos maiores saldos positivos de empregos do Brasil. Em termos de variação percentual, o 4º melhor desempenho do Brasil e o 1º lugar do Nordeste”,

Brasil

No acumulado do ano, o Brasil teve saldo de 142.690 novos empregos, o número mais baixo desde 2017.

Os setores que mais geraram empregos no país foram a Construção, a Indústria e a Agropecuária, nesta ordem. O setor de Serviços teve a maior perda. 

Nordeste

Veja abaixo como ficou o desempenho de cada estado nordestino em 2020:

Maranhão +19.753
Ceará +18.546
Paraíba +5.152
Alagoas +4.595
Rio Grande do Norte +1.769
Piauí -181
Sergipe -4.475
Pernambuco -5.163
Bahia -5.307

Demissões em dezembro

Após cinco meses de saldo positivo, em dezembro, o número de demissões superou o de contratações no Brasil, com o fechamento de 67.906 postos de trabalho. De acordo com o ministro Paulo Guedes, dezembro é um mês “de ressaca” no mercado e essas perdas são comuns. Ele destacou ainda que essa é a menor perda de empregos desde 1995. Em dezembro de 2019, por exemplo, também foram fechadas 307 mil vagas.

Na avaliação do ministério, o Benefício Emergencial de Preservação do Emprego e da Renda (BEm) também contribui para que essa queda em dezembro fosse menor. No mês passado, o Brasil teve 1.239.280 admissões e 1.307.186 desligamentos.

No Maranhão, o ultimo mês de 2020 também seguiu a tendência de queda no número de empregos formais. Foram 10.756 admissões e 13.841 demissões, assim o saldo ficou negativo (-3.085), segundo os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged). O setor da construção civil foi o que mais demitiu (-2.760).

Brasil deve receber até 14 milhões de vacinas de Oxford em fevereiro

O Ministério da Saúde informou que deve receber em meados de fevereiro entre 10 e 14 milhões doses da vacina produzida pela AstraZeneca-Oxford contra a covid-19. A pasta recebeu uma carta do consórcio internacional Covax Facility com as informações sobre o repasse de doses. O grupo faz parte de uma aliança global da Organização Mundial da Saúde (OMS) para garantir acesso ao imunizante.

O Brasil é um dos 191 países que fazem parte da Covax Facility. Em setembro do ano passado, duas medidas provisórias editadas pelo presidente Jair Bolsonaro garantiram os recursos para que o país participasse do consórcio.

O governo federal também possui parceria direta com o laboratório AstraZeneca e a Universidade de Oxford para produção de vacinas, por meio da Fundação Osvaldo Cruz, e com o Instituto Butantan, responsável pela CoronaVac.

Ninguém acerta Mega-Sena e prêmio vai para R$ 25 milhões

Ninguém acertou as seis dezenas do sorteio do Concurso 2.340 da Mega-Sena, realizado neste sábado (30), no Espaço Loterias Caixa, em São Paulo. 

As dezenas sorteadas foram 16 – 21 – 28 – 41 – 49 – 51.. O prêmio acumulado para o próximo sorteio, na quarta-feira (3), é de R$ 25 milhões.

A quina teve 24 apostas e cada uma vai receber R$ 93.309,21. A quadra teve  2.408 apostas ganhadoras cada uma vai receber R$ 1.328,56..

As apostas na Mega-Sena podem ser feitas até as 19h (horário de Brasília) do dia do sorteio em lotéricas ou pela internet. A aposta simples, com seis dezenas, custa R$ 4,50.

da Mega-Sena, realizado nesta terça-feira (26), no Espaço Loterias Caixa, em São Paulo.

Os números sorteados foram 08, 21, 23, 34, 42 e 47. O prêmio estimado para o próximo sorteio, na quarta-feira (6), é de R$ 4 milhões.

A quina teve 22 ganhadores, com prêmio individual de R$ 41.770,96. Foram 1.692 apostas ganhadoras da quadra e o prêmio para cada uma é R$ 775,88.

As apostas na Mega-Sena podem ser feitas até as 19h (horário de Brasília) do dia do sorteio em lotéricas ou pela internet. A aposta simples, com seis dezenas, custa R$ 4,50.

Pará: Estado decreta lockdown após confirmação de nova cepa de covid-19

O governador do Pará, Helder Barbalho, anunciou hoje (30) que a região do Baixo Amazonas e Calha Norte entrará em lockdown a partir de segunda-feira (1º), em razão da presença da nova cepa do novo coronavírus no estado. Ontem (29), o Instituto Evandro Chagas confirmou dois casos no município de Santarém, oeste paraense, em um homem de 58 anos e uma mulher de 26 anos de idade.

A variante já circula no Amazonas, estado vizinho ao Pará e que vive um colapso no sistema de saúde em razão de uma nova onda de casos de covid-19. Além, disso, segundo Barbalho, também há um aumento na procura por leitos clínicos e leitos de UTI na região, o que traz “severas preocupações da capacidade do nosso sistema de atender a todos”.

“Por esta razão, pedindo a compreensão e solidariedade de todos, estaremos mudando o bandeiramento da região que está em vermelho, risco elevado, para preto, lockdown. Isso é necessário para salvar a vida da nossa população, para evitar a proliferação do vírus e consequentemente problemas graves que possam levar a óbito muitos paraenses. Nós não podemos deixar que isso aconteça no nosso estado”

Disse o governador, em vídeo publicado nas redes sociais.

Nas demais regiões do estado – Região Metropolitana de Belém, do Marajó Oriental, do Baixo Tocantins, do Marajó Ocidental, Nordeste, Xingu, dos Carajás, do Tapajós e do Araguaia – também passou a vigorar, desde ontem, a bandeira laranja, de risco médio, aumentando as medidas restritivas para o comércio e outras atividades.

De acordo com boletim da Secretaria de Saúde do Pará, atualizado na tarde de ontem, já foram registrados 328,8 mil casos de covid-19 no estado e 7.618 morreram em decorrência da doença.

Da Agência Brasil

Presidente Dutra: Prefeito propõe parcelamento de salários atrasados

Os funcionários públicos da cidade de Presidente Dutra, na região central do Maranhão, ainda aguardam uma decisão sobre o pagamento dos salários referentes ao mês de dezembro do ano passado. O novo prefeito, Raimundo Carvalho (Republicanos), alega que recebeu o município sem dinheiro em caixa.

Na última sexta-feira (29), durante reunião com representantes do Sindicado dos Trabalhadores no Serviço Público de Presidente Dutra (Sintespem), Ministério Público e o prefeito, foi feita proposta de parcelamento dos salários atrasados em cinco vezes, com a primeira parcela para o dia 10 de fevereiro. O sindicato levou a proposta para assembleia, que foi recusada. Funcionários querem parcelamento em até duas vezes. A contraproposta será encaminhada ao Ministério Público na próxima segunda-feira (01).

Foto/divulgação

De acordo com a prefeitura, os salários de dezembro de 2020 não foram pagos por conta de um bloqueio dos recurso do Fundo de Participação dos Municípios (FPM), inviabilizando o pagamento dos funcionários municipais de todas as áreas. Uma nova reunião foi marcada para o dia 10 de fevereiro. O procurador municipal Éder Lima, explicou que aguarda o resultado de uma liminar para desbloquear os recursos do FPM. O processo tramita na 5ª Vara Federal.

Page 1 of 3

Desenvolvido em WordPress & Tema por Anders Norén