Os vereadores Raimundo Nava, Andrheya do Jurandy e Adonias Colmeia, todos do PDT, que sempre votaram nos projetos a favor do povo de Presidente Dutra, estão convocando a população para dizer NÃO a nova taxa de iluminação pública, a CIP, proposta pelo poder executivo, que aumentará as contas de energia em pelo menos 18,0%.

O projeto que será colocado em pauta nesta segunda-feira (20), na Câmara municipal de Presidente Dutra, acrescenta as contas de energia, um valor que poderá chegar até 47% dependendo do consumo de cada cidadão.

De acordo com o projeto, fica instituído que o pagador dessas despesas será o proprietário do imóvel ou o titular do domínio, ou o possuidor, identificado ou não situados em via publicas ou logradouros beneficiados pela iluminação pública.

Ainda de acordo com o projeto, a base de calculo da CIP será o valor total da conta de consumo, incluída as tarifas de energia, a bandeira tarifária, os tributos federais e estaduais incidentes aplicando á base de calculo uma alícota de 18,0%.

Em outro ponto, o contribuinte ou proprietário do imóvel não conectado a rede de distribuição de energia elétrica será, pasmem, tributado a razão de R$ 2,00 mensais por metro de extensão do imóvel, sendo esse valor reajustado a cada ano.

O absurdo em tempos de pandemia colocaria em risco o poder de compra da população que já vem amargando uma inflação que consome e diminui o poder de compra de cada cidadão.

Preocupado com mais uma despesa na vida dos presidutrenses, os vereadores conclamam a população para ir a câmara ou se manifestar em redes sociais, contra esse absurdo proposto pelo pode executivo.

Raimundo Nava, Adonias Colméia e Andrheya afirmaram ao nosso blog que votarão contra a nova CIP e pede aos vereadores que forem a favor do povo para dizer NÃO a esse absurdo. Com informações do Blog do Wilque Gomes.