Rejanny Braga participa de momento histórico para a melhoria do saneamento em São Luís

Nesta segunda-feira (21), a vereadora Rejanny Braga (DC), participou da solenidade de assinatura da ordem de serviço de várias obras de saneamento que serão implementadas na capital. O evento foi realizado no Palácio dos Leões e Rejanny atendeu a um convite do governador Carlos Brandão, que convocou diversas autoridades para participar. A medida irá garantir praias próprias para banho e maior qualidade de vida aos ludovicenses.

A partir de novas implantações de estações elevatórias e redes de esgotamento que serão distribuídas para atender o Sistema de Esgotamento Sanitário do Bacanga, São Francisco, Vinhais e Anil, será possível avançar com o desenvolvimento e solução ao saneamento básico de São Luís e, consequentemente, em relação à balneabilidade das praias.

“Hoje é uma data histórica para o saneamento de São Luís, acabamos de assinar uma ordem de serviço no valor de R$ 45 milhões para fazer a balneabilidade das nossas praias. Isso será um investimento na construção de 4 elevatórias, 22 km de rede coletora de esgotos e mais 3 mil novas ligações à esta rede”, afirmou o governador Carlos Brandão.

Rejanny Braga também destacou os benefícios. “Eu vejo este investimento como algo extremamente importante tanto para o meio ambiente, quanto para o turismo e a economia de São Luis. Melhorar a balneabilidade das nossas praias, é garantir a atividade de bares, restaurantes, hotéis e melhorar a experiência dos nossos turistas. Eu parabenizo o governador Carlos Brandão, pela iniciativa”, disse.

O diretor-presidente da Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema), Marcos Aurélio, explica que a partir da autorização do governador será possível realizar adaptações que contemplem as necessidades do comércio, turismo e sociedade civil.

“A partir desta ordem assinada, faremos um novo marco em relação ao que as nossas praias precisam, ao que precisamos entregar ao trade turístico, ao cidadão de São Luís. ”, disse o diretor-presidente da Caema.

Projeto de saneamento

A partir das intervenções que serão realizadas nas bacias do Anil, Bacanga, São Francisco e Vinhais, será possível aumentar a capacidade de coleta e tratamento de esgoto por meio de 4 novas Estações Elevatórias de Esgotos (EEE’s) às margens do Rio Bacanga, Ilhinha e na margem do Rio Anil; implantações de 5,7 km de interceptores/coletores nas mesmas regiões; de 22 km de rede coletora; e de 3.130 novas ligações domiciliares.

Anteriores

Ivo Rezende é eleito presidente da Famem

Próximo

Prefeitura divulga programação no Centro Histórico de São Luís para a estreia do Brasil na Copa do Mundo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Desenvolvido em WordPress & Tema por Anders Norén