Nas primeiras horas da manhã desta quarta-feira (30), uma operação deflagrada pela Polícia Civil do Maranhão, batizada como “Operação Last Page” que tem como objetivo de reprimir crimes praticados contra a propriedade intelectual por meio de livros e violação de direitos autorais. A operação foi deflagrada simultaneamente pelas Polícias Civis dos estados do Maranhão, Espirito Santo, Minas Gerais e Paraná.

No Maranhão, a operação foi deflagrada pelo Departamento de Combate a Crimes Tecnológicos (DCCT/SEIC), na capital maranhense, São Luís e em São José de Ribamar, onde foram cumpridos 02 mandados de busca e apreensão, além do bloqueio e desindexação em opções de busca de 01 site web.

Segundo o delegado Guilherme Campelo, foram cumpridos por determinação judicial, mandados de busca e apreensão, bloqueio e/ou suspensão/desindexação de sites e exclusão de perfis em plataformas de redes sociais. Ao todo foram cumpridos 06 mandados de busca e realizado o bloqueio de 04 sites nos quatro estados alvos da operação.

Operação Last Page: De origem inglesa, o termo significa “última página”. Dessa forma, o nome da operação faz alusão ao ato de encerrar a leitura do livro, que ao chegar na última página é fechado, tal como ocorrerá com os sites alvos da operação que divulgam obras sem autorização dos autores.