O presidente Ivo Rezende participou nesta quinta-feira,5,  na sede da FAMEM de uma reunião com colegas prefeitos, assessores jurídicos e o Superintendente do IBGE, Marcelo Melo. Na oportunidade, foi  avaliado as ações feitas logo que a prévia do Censo 2022 foi publicada pelo TCU, no último dia 28 de dezembro, com ações junto à Justiça Federal e os passos a nível administrativo para ser revertido a situação dos 66 municípios que tiveram perda populacional.  

No encontro, foi destacado que o IBGE abriu prazo institucional de contestação administrativa junto ao órgão até o dia 27 de janeiro, motivo pelo qual a FAMEM criará junto aos prefeitos, o Programa Busca Ativa, para que seja realizada uma grande mobilização, com foco específico, nos domicílios vagos, de uso ocasional e outras situações. 

Na oportunidade foi decidido que  na próxima terça-feira, 10 de janeiro, a FAMEM fará uma gestão político administrativa em Brasília, junto ao TCU, IBGE e ministérios afins, em parceria com o Governo do Estado e Ministros maranhenses.