Tag: prefeitura Page 1 of 5

Reforma da Fonte das Pedras, no Centro de São Luís, é entregue pelo prefeito Braide

O prefeito Eduardo Braide entregou, nesta quarta-feira (28), por meio da Fundação Municipal de Patrimônio Histórico (Fumph), da Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos (Semosp) e do Instituto Municipal da Paisagem Urbana (Impur), o Monumento Fonte das Pedras, no Centro Histórico de São Luís, totalmente revitalizado. A obra de conservação foi concluída em 111 dias, antes do prazo estabelecido, que era de 180 dias.

“É uma alegria estar aqui hoje entregando esta obra tão importante e que preserva nossa história e nosso patrimônio. São Luís está completando 410 anos e esse é mais um presente que nossa cidade recebe. Peço a toda população que contribua com a preservação e aproveite esse local belíssimo”, destacou o prefeito Eduardo Braide.

A solenidade contou com a presença de autoridades e alunos das escolas municipais Bandeira Tribuzzi e Justo Jansen, e foi dividida em dois momentos. Na parte interna do prédio, os alunos assistiram a um vídeo que mostrava o antes e o depois das obras, com a explicação histórica e arquitetônica feita pela presidente da Fumph, Kátia Bogéa. Em seguida, todos os alunos e autoridades fizeram um passeio pelo local.

“Todas as vezes que ocorreram intervenções aqui na Fonte das Pedras, apenas as partes externas eram restauradas, mas agora foi feita uma consolidação estrutural necessária para que o monumento se mantenha, visto que existem túneis subterrâneos e galerias que estavam desmoronando. Então, após a consolidação estrutural das galerias e da captação de água, a Semosp e o Impur fizeram as obras externas onde foram recuperados jardins, espaço da Guarda Municipal, iluminação e novo paisagismo e restauração das carrancas. E agora, graças aos esforços do prefeito Eduardo Braide, em um trabalho em conjunto, a Fonte está pronta para receber toda a sociedade maranhense, os turistas, em um dos lugares mais agradáveis, aprazíveis e principalmente como monumento histórico fundamental para São Luís,”, explicou a presidente da Fumph, Kátia Bogéa.

Serviços

O projeto e a obra emergencial de estabilização e consolidação foram executados pela Fumph, com investimento de R$ 352.242,69. No local, foram realizados serviços como escavação no nível do solo para averiguar a situação da manilha (duto) de barro; escoramento das paredes e cúpula da bacia de captação das águas com orientação para o norte; restauração estrutural da cúpula norte: reposição de tijolos deslocados e recomposição de argamassas; restauração estrutural das paredes da bacia norte, reposição de pedras deslocadas e recomposição de argamassas; análise laboratorial da composição da argamassa existente para que a recomposição do reboco novo fosse adequado à estrutura; execução de reboco novo nas bacias e túneis que compõem a galeria subterrânea; pintura nova a base de cal em todo o complexo subterrâneo; desobstrução do percurso das águas e limpeza geral.

Já a Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos (Semosp) e o Instituto Municipal da Paisagem Urbana (Impur) ficaram responsáveis pela execução da pintura da Fonte das Pedras; reforma do posto da Guarda Municipal e agenciamento paisagístico de toda a área da fonte.

“A Semosp esteve aqui em colaboração com o Impur em um trabalho em conjunto submetido à Fumph e ao Iphan e, graças a esse trabalho, conseguimos trazer mudanças na infraestrutura e ambientação da Fonte das Pedras, fazendo desse local um lugar extremamente agradável e revitalizado. Como o prefeito Eduardo Braide já disse, agora é a hora de desfrutar e da população cuidar desse patrimônio que é todo nosso”, disse o titular da Semosp, David Col Debella.

“Hoje estamos realizando essa grande entrega para o povo da cidade, a Fonte das Pedras agora está linda, com novo paisagismo, e um espaço ainda mais bonito e atrativo e essa é mais uma grande entrega realizada pela gestão do prefeito Eduardo Braide, que se preocupa com nossa cidade e com a preservação do nosso patrimônio histórico”, disse o presidente do Impur, Walber Pereira.

O aluno Júlio Ivvala, do 9º ano da escola Justo Jansen, acompanhou toda a solenidade de inauguração e disse que aprendeu muito.

“Tudo aqui ficou muito bem feito e muito bonito, deu uma cara nova para a praça e para a fonte, aprendi muito hoje e gostei muito da visita”, disse o aluno.

Compareceram à inauguração, a vice-prefeita Esmênia Miranda, os secretários Marcos Affonso Júnior (Semusc), Igor Almeida (Secom), Liviomar Macatrão (Semapa), o vereador Marlon Botão (PSB), além de professores, diretores, equipes das secretarias participantes do projeto, guardas municipais e bombeiros civis que atuam no local.

A Fonte das Pedras ficará aberta para a visitação pública todos os dias da semana, das 8 às 17h. As equipes da Guarda Municipal são responsáveis pela garantia da preservação e fiscalização do local.

Importância histórica

A Fonte das Pedras, além de ser um monumento de valor histórico, artístico e arquitetônico, faz parte da história da cidade por ser um importante sítio desde a fundação pelos franceses, perpassando pela invasão holandesa e colonização portuguesa. Também foi um testemunho do início do processo de industrialização da cidade, ao ser anexado à Fábrica Santa Amélia do Cotonifício Cândido Ribeiro.

Em 1615, Jerônimo de Albuquerque, capitão da conquista e descobrimento das terras do Maranhão, acampou as tropas portuguesas sob as árvores ao redor do veio natural de água que jorrava em profusão, e aí iniciou sua estratégia que permitiu derrotar e expulsar os franceses comandados por La Ravardière.

No século XVII, os invasores holandeses utilizaram suas nascentes para a chegada e abastecimento de água potável e, ao compreenderem sua importância para as conquistas, construíram uma fonte, sendo, então, primeiro manancial canalizado na ilha de São Luís.

Presidente Dutra: PF descobre desvio de recursos públicos federais de combate a covid-19

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta quinta-feira (15), a OPERAÇÃO
ARFANTE, nos municípios de Presidente Dutra, Colinas e Teresina, com a finalidade de desarticular grupo criminoso estruturado para promover fraudes licitatórias e irregularidades contratuais no âmbito do Município de Presidente Dutra, envolvendo recursos públicos federais que seriam utilizados no combate à pandemia da COVID-19.

A investigação teve início a partir de informações produzidas pela Secretaria de Estado da Fazenda que apontou irregularidades na emissão de notas fiscais de compra e de venda de insumos por uma empresa contratada pelo município.

Com o avanço da investigação foram identificados indícios de direcionamento nas contratações realizadas pela Prefeitura Municipal de Presidente Dutra, através da Secretaria Municipal de Saúde e da Secretaria Municipal de Assistência Social, para aquisição de equipamentos de proteção individual – EPIs, equipamentos hospitalares e medicamentos a serem utilizados no combate à epidemia de COVID-19, no valor de R$ 2.072.298,92 (dois milhões, setenta e dois mil e duzentos e noventa e oito reais e noventa e dois centavos).

O valor dos contratos entre o município de Presidente Dutra e a referida empresa corresponde a mais de 50% de todo o recurso investido pelo referido município no combate a pandemia. Além disso, foi identificado que dos 33 contratos que a empresa possui com prefeituras do interior do Maranhão, 31 foram assinados somente com a Prefeitura Municipal de Presidente Dutra.

Os contratos investigados tiveram origem em processos administrativos de dispensa de licitação, nos quais a Polícia Federal encontrou diversos indícios de montagem nas propostas de preços apresentadas pelas empresas participantes, bem como indícios de falsificação de assinaturas.

A Polícia Federal verificou ainda que as mesmas empresas que participaram dos processos de dispensa de licitação sob investigação também participaram de diversos outros processos licitatórios realizados pelo município, sendo que duas dessas empresas não foram localizadas pelos investigadores, havendo fortes indícios de serem empresas fantasmas, utilizadas unicamente para maquiar a montagem de procedimentos licitatórios e possibilitar possíveis práticas de desvios de verbas públicas e lavagem de dinheiro.

A Polícia Federal cumpriu 12 (doze) Mandados de Busca e Apreensão e medidas diversas da prisão decretadas para 13 (treze) alvos da operação. Ao todo 42 (quarenta e dois) policiais federais cumpriram as determinações judiciais expedidas pela 1ª Vara Federal Criminal da SJMA, que decorreram de representação elaborada pela Polícia Federal.

Se confirmadas as suspeitas, os investigados poderão responder pelos crimes de fraude à licitação, peculato, sonegação fiscal, lavagem de capitais e associação criminosa, com penas que somadas podem chegar a 34 anos de
prisão.

A denominação “ARFANTE” faz referência a falta de ar ocasionada pela COVID-19, haja vista que um dos equipamentos supostamente fornecidos pela empresa se tratava de um respirador remanufaturado.

Braide entrega 1ª Clínica da Família de São Luís

O prefeito Eduardo Braide entregou, nesta quinta-feira (1º), a primeira Clínica da Família de São Luís. A entrega marca a programação de aniversário de 410 anos da cidade que se estenderá durante todo o mês de setembro. A Clínica da Família, localizada no Residencial Morada do Sol, região do Maracanã, na Zona Rural, atenderá a mais de 5 mil famílias que vivem na localidade.

Na solenidade, ao lado de secretários, vereadores, equipes de saúde da unidade e da população do bairro e da região, o prefeito Eduardo Braide lembrou que tem dado atenção especial para a Zona Rural de São Luís e que todos os esforços e trabalhos realizados desde o início de sua gestão são frutos da concretização do seu plano de governo e dos anseios de cada cidadão que mora na região.

“Trabalhamos na Zona Rural desde o primeiro dia do nosso mandato, pois essa parte da cidade sempre esteve nos meus planos de trazer mais dignidade para os moradores daqui. Hoje, nós começamos o mês de aniversário de São Luís entregando a primeira Clínica da Família de São Luís, aqui na Zona Rural. A clínica já está em pleno funcionamento e com diversos serviços que irão melhorar muito a vida de cada paciente, de cada cidadão que passar por aqui”, destacou o prefeito.

A partir da inauguração da unidade, os moradores terão acompanhamento em áreas como saúde da mulher e da gestante (pré-natal), da criança, incluindo triagem neonatal, e do adolescente, acompanhamento do homem e do idoso, controle da hipertensão arterial e diabetes, dispensação de medicamentos básicos, imunização e curativo.

A população também terá acesso a consultas médicas, como ginecologista e obstetra, pediatra, consultas de enfermagem e consultas odontológicas, exames laboratoriais, ultrassonografia e eletrocardiograma, além de acompanhamento de Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs).

“Hoje é a concretização de mais um sonho, um dia histórico na saúde pública de São Luís, em especial aqui na Zona Rural. É a primeira Clínica da Família da cidade que foi sonhada e desenhada pelo prefeito Eduardo Braide. Trata-se de uma unidade que tem um altíssimo padrão, oferecendo serviços que costumeiramente não integram a atenção primária”, disse o secretário de Saúde (Semus), Joel Nunes.

Infraestrutura

Para garantir mais conforto e comodidade aos usuários, a estrutura da unidade recebeu ambientes climatizados e humanizados, acessibilidade às pessoas com deficiência, adequação de paisagismo, cobertura impermeabilizada, além de espaços totalmente equipados para a realização dos atendimentos.

O secretário municipal de Obras e Serviços Públicos, David Col Debella, disse que a obra foi feita em tempo recorde e sempre com a vistoria incansável do prefeito Eduardo Braide.

“A clínica atesta o trabalho do prefeito Eduardo Braide. Uma obra extremamente significativa e que foi concluída em 90 dias com o mais alto padrão de qualidade que é a marca da gestão do prefeito”, disse o titular da Semosp.

O vereador Marlon Botão (PSB), lembrou que o trabalho em conjunto com a Câmara Municipal, por meio dos vereadores, é muito importante.

“Este trabalho em conjunto com o prefeito Eduardo Braide que vai beneficiar a Zona Rural e os nossos residenciais. Essa clínica é um sonho de muitas pessoas, desde as lideranças comunitárias, os moradores e também os profissionais de saúde. Parabenizo também cada trabalhador civil que se dedicou para a obra ser entregue em 90 dias, marca da agilidade do trabalho do prefeito Eduardo Braide”, frisou o vereador.

Também compareceram à solenidade o subprefeito da Zona Rural, Dilmar Araújo; e os secretários Diego Rodrigues (Semad), Caroline Salgado (Semed), Diego Baluz (SMTT) e o vereador Thyago Freitas (DC).

Prefeitura presente

A vida dos moradores da região do Maracanã, onde está localizado o Residencial Morada do Sol, vai melhorar com a chegada da Clínica da Família. Claudiana Carneiro, dona de casa e moradora do bairro há três anos, diz que ter uma clínica próxima possibilita uma melhora significativa na rotina de saúde dela e da sua família.

“Eu tenho seis filhos e sou dona de casa. É muito longe sair para fazer exames e consultas. Agora tudo mudou, estamos no céu com a clínica tão perto da gente, estamos muito felizes e realizados”, comemorou a moradora.

Quem também ficou feliz foi Cristiane Mendonça, dona de casa e mãe de cinco filhos que manifestou alegria em ganhar uma unidade de saúde tão perto de casa.

“Eu tinha que ir pro Terminal de Integração e, de lá, pegar outro ônibus para ir ao posto mais perto; agora, com essa clínica, tudo vai melhorar. Agradeço muito ao prefeito pelo presente”, disse a moradora.

“Hoje todo o Residencial Morada do Sol é só gratidão e felicidade em receber uma clínica completa, com tantos serviços para nossa comunidade, o coração salta de alegria vendo os benefícios chegando à Zona Rural. Obrigado ao prefeito Eduardo Braide pelo trabalho e por todos os compromissos cumpridos”, agradeceu o presidente da União dos Moradores da Morada do Sol, Luís Carlos Sousa Ferreira.

Braide entrega termos de ampliação de jornada de trabalho para 200 professores da rede municipal de São Luís

O prefeito Eduardo Braide segue trabalhando para a qualificação da rede de ensino, bem como para a valorização dos professores do Município. Nesta sexta-feira (5), em solenidade na Unidade de Educação Básica (U.E.B.) Luís Viana, no bairro Alemanha, o gestor entregou os Termos de Ampliação de Jornada de Trabalho para os Professores de Nível Superior que participaram do seletivo simplificado do edital nº 02/2022, de julho de 2022. Ao todo, foram selecionados 200 profissionais, destes, 15 receberam a titulação diretamente das mãos do prefeito.

“Esta é mais uma etapa das ações de valorização dos nossos professores. Com a ampliação de jornada estamos atendendo um sonho antigo da categoria. Promovemos um processo seletivo transparente e democrático e os professores, através do seu conhecimento e capacidade, conseguiram, ao final, garantir a ampliação de jornada. Esta ação beneficia ainda os alunos que terão professores que irão às salas de aula suprir necessidades que tínhamos na nossa rede, garantido a qualidade e a experiência destes professores que se colocam, agora, no dia a dia, de forma dobrada, para educar nossas crianças”, destacou o prefeito Eduardo Braide.

A ampliação de jornada por meio de seletivo é uma iniciativa pioneira da gestão do prefeito Eduardo Braide de valorização dos professores pelo critério do mérito, da formação e do tempo de serviços prestados na educação municipal. Os professores terão as suas jornadas de trabalho ampliadas de 20 horas para 40 horas semanais, atuando em dois turnos e reforçando a cobertura de docentes nas escolas municipais.

A docente Meg Fernandes Santos, que falou em nome dos professores na solenidade, destacou a importância da ampliação da jornada de trabalho.

“Isso significa muito para nós professores. É algo que aguardávamos há muito tempo e foi muito boa a forma como o processo foi conduzido, por meio do edital, de forma transparente, sendo a primeira vez que acontece na rede. Serve para que a gente continue desenvolvendo um trabalho que já fazemos, que é o de educar pessoas”, disse.

O seletivo contemplou professores das disciplinas de Língua Portuguesa, Matemática, Arte, Geografia, Ciências, História, Ensino Religioso, Filosofia, Inglês, Educação Física e Atendimento Especializado dos anos finais do Ensino Fundamental. Além disso, foram selecionados professores para os turnos matutino e vespertino dos anos iniciais do Ensino Fundamental e para a Educação de Jovens e Adultos (EJA), nas disciplinas de Matemática, História e Filosofia.

“Trata-se da valorização do servidor que pôde pleitear a ampliação da jornada a partir de uma forma democrática de seleção, por meio do edital. Tudo feito às claras. Além disto, é mais uma oportunidade de nós professores continuarmos levando nosso trabalho para os alunos, sanando as carências da nossa rede”, observou o professor Elvys Wagner da Silva, lotado na U.E.B. Neiva Moreira e que integra a rede há 17 anos.

Se inscreveram no edital 657 professores, sendo que destes, foram aprovados 200 profissionais que iniciarão, já na segunda-feira (8), os seus novos turnos, ampliando também os seus vencimentos. Será um reforço de quatro mil horas no atendimento dos estudantes, fortalecendo o ensino e a educação de qualidade em São Luís.

A secretária de Educação, Caroline Marques, destacou o trabalho realizado pela Prefeitura de São Luís, no que diz respeito à valorização dos profissionais da educação.

“A gestão do prefeito Eduardo Braide tem trabalhado para a valorização da educação do Município. Concretizamos um sonho. A ampliação da jornada dos nossos educadores foi pensada de forma a valorizar o trabalho e a dedicação aos nossos estudantes. Esta é mais uma conquista da educação de São Luís possível graças ao prefeito Eduardo Braide”, observou Caroline Marques.

Ações

O prefeito Eduardo Braide tem se dedicado a melhorar a educação municipal de São Luís. Para tanto, tem atuado em duas frentes: infraestrutura e valorização profissional. Na primeira, realiza um grande pacote de obras de reformas e manutenções a partir do programa “Escola Nova”, por meio do qual já recuperou 139 unidades de um total de 256 escolas da rede pública municipal.

No que se refere à valorização profissional, além da ampliação da jornada de trabalho, o gestor garantiu, para este ano, um jornada de trabalho, o gestor garantiu, para este ano, um reajuste de 10,06% para a categoria e assinou progressões horizontais e verticais referentes a 2020 e 2021. O prefeito também sancionou a Lei 6.939/2021 que concede o 14º salário aos profissionais da educação da rede municipal de São Luís, bem como liberou o Auxílio Conectividade a professores, gestores e cuidadores do Município.

Ano passado, determinou a convocação de 70 professores do último concurso para atuarem na Zona Rural (Educação Infantil e 1º e 5º anos) e Educação Especial (intérprete de Libras, Braille e Atendimento Educacional Especializado). Promoveu ainda a unificação de matrículas para os professores, o que possibilitou ao profissional unificar seus cargos em apenas um de professor com 40 horas semanais.

“Hoje é um dos momentos mais felizes da minha vida. Nosso prefeito Eduardo Braide olhou para nossas necessidades e deu oportunidade de participarmos de um seletivo democrático que vai beneficiar ainda os alunos que tinham necessidade de professores”, disse a professora Sandra Brito Prado, que há 10 anos leciona em escolas do Município.

Prefeitura de Santa Luzia desenvolve projetos e realiza obras, em parceria com a Vale

A Prefeitura de Santa Luzia em parceria com o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente com recursos destinados pela Vale, ao Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente vem apoiando a execução de inúmeros projetos sociais desde 2021, para a garantia de direitos.

Os projetos são desenvolvidos por entidades sociais. No ano passado, cinco projetos foram desenvolvidos por quatro entidades civis. Já em 2022, quinze projetos estão em execução por quatorze entidades civis na sede e zona rural.

Além dos projetos em execução está sendo construída uma nova sede para o Conselho Tutelar e sendo finalizado a construção do Centro de Apoio para Crianças e Adolescentes.

Prefeitura de São Luís e parceiros lançam 2ª edição do programa Canteiro Escola e selo “São Luís Patrimônio Mundial – 25 anos”

A Prefeitura de São Luís e parceiros lançaram a 2ª edição do programa Canteiro Escola que nesta nova edição irá restaurar as fachadas dos palácios Arquiepiscopal e do Comércio, ambos no Centro Histórico da capital. A solenidade, que contou com a presença do prefeito Eduardo Braide e de representantes de instituições e órgãos do Município, Estado e Governo Federal, ocorreu quarta-feira (3), no auditório da Associação Comercial do Maranhão (ACM), dentro da programação de 168 anos da entidade. Na ocasião, também foi lançado o selo e a campanha “São Luís Patrimônio Mundial – 25 anos”.

“A história da Associação Comercial se confunde com a história da cidade. Fico muito feliz em dizer que a Prefeitura trabalha junto com os empresários para tornar a cidade cada vez melhor. Temos atuado para a melhoria do nosso Centro Histórico e além do programa Canteiro Escola e do selo comemorativo dos 25 anos do título da Unesco, vamos entregar em breve obras importantes como o Centro Acessível e o prédio do antigo Banco do Estado, onde vai funcionar nossa Secretaria da Fazenda. Também vamos assinar Ordem de Serviço para reforma das praças da Faustina e Valdelino Cécio. Além disto, já entregamos casarões destinados à habitação popular, incentivando a moradia no Centro da nossa cidade”, enumerou o prefeito Eduardo Braide.

O programa Canteiro Escola é resultado da parceria entre a Prefeitura de São Luís, por meio da Fundação Municipal de Patrimônio Histórico (Fumph) e o Sindicato da Indústria da Construção Civil do Maranhão (Sinduscon-MA), Federação das Indústrias do Estado do Maranhão (Fiema), Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), Serviço Social da Indústria (Sesi), Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), Associação Comercial do Maranhão (ACM) e Arquidiocese de São Luís.

“A classe empresarial hoje tem abertura com a Prefeitura de São Luís. O selo de 25 anos representa parte da história da cidade e o programa Canteiro Escola vai renovar a fachada deste cartão-postal que é o Palácio do Comércio, o que nos enche de felicidade”, disse o presidente da ACM, Cristiano Barroso.

O programa Canteiro Escola, cuja primeira etapa ocorreu em 2021, tem como objetivo a formação da mão de obra para a construção civil com especialidade nas tecnologias construtivas de edificações históricas, primando pela conservação do patrimônio arquitetônico. As obras serão realizadas pelos alunos do programa sob orientação de docentes especializados e dos técnicos da Fundação Municipal de Patrimônio Histórico (Fumph) e ocorrerão em duas fases.

Serão restaurados, primeiramente, o Palácio Arquiepiscopal e a fachada do Palácio do Comércio voltada para a Avenida Dom Pedro II. Nesta etapa, são 30 vagas para pedreiro de alvenaria e 30 vagas para pintor de obras imobiliárias, com carga horária total de 640 horas. O início da primeira fase do programa está previsto para agosto de 2022 e conclusão em dezembro do mesmo ano.Na segunda fase estão inclusas as fachadas do Palácio do Comércio voltadas para a Praça Benedito Leite e Rua de Nazaré, onde serão ofertadas 15 vagas para pedreiro de alvenaria e 15 vagas para pintor de obras imobiliárias, com carga horária total de 400 horas. Esta etapa deverá ser realizada ano que vem. O edital para a seleção dos candidatos deve ser lançado semana que vem.

Palácios 

Localizado ao lado da Catedral de Nossa Senhora da Vitória, o Palácio Arquiepiscopal, ambos integram um conjunto arquitetônico de significativo valor histórico e artístico, construído no século XVII. Já o Palácio do Comércio é uma importante edificação da arquitetura “art déco”, inaugurado em 1943, para abrigar a sede da Associação Comercial e o Hotel Central, uma referência nos anos 1950.

“Essa arquitetura faz parte da história cultural de todo ludovicense e maranhense, então é necessário fazermos a reforma para conservarmos a história. Ficamos muito felizes de podermos fazer esta parceira com a Prefeitura”, destacou o arcebispo de São Luís, Dom Gilberto Pastrana.

A primeira edição do programa, em 2021, reuniu 13 empresas e formou 27 profissionais com carga horária de 400 horas, nos ofícios de pedreiro de alvenaria e pintor de obras imobiliárias, com certificado concedido pelo Senai, tendo como primeiro bem arquitetônico recuperado as fachadas do Mercado das Tulhas, também conhecido como Feira da Praia Grande ou Casa das Tulhas, construção do início do século XIX.

A edificação integra o conjunto tombado na esfera federal e fica na área declarada Patrimônio Mundial pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) desde 1997.

“A Prefeitura tem sido parceira da Unesco na construção de caminhos que buscam proteção e salvaguarda do patrimônio material e imaterial não só maranhense, como brasileiro. A inclusão do Centro Histórico de São Luís na lista da Unesco constitui importante reconhecimento do caráter excepcional e do valor universal do patrimônio dessa cidade pela comunidade internacional. O lançamento deste selo nos lembra que há muito a ser celebrado e que os desafios da preservação são permanentes e evolvem não só governo, mas a sociedade em seus diferentes níveis”, destacou a representante da Unesco  Isabel de Paula.

Patrimônio Mundial

Além do lançamento da 2ª etapa do programa Canteiro Escola, a Prefeitura de São Luís, por meio da Fumph, Agência Municipal de Desenvolvimento Social (Amdes) e Secretaria Municipal de Turismo (Setur), em parceria com a ACM, apresentou, no evento, a campanha e o selo “São Luís Patrimônio Mundial – 25 anos”.

Declarado Patrimônio Mundial pela Organização das Nações Unidas para a Ciência, a Educação e a Cultura (Unesco) em 6 de dezembro de 1997, o Centro Histórico de São Luís tem características únicas, se destacando no grupo de sítios reconhecidos em todo o mundo, de acordo com a Convenção do Patrimônio Mundial.O selo, que faz referência aos azulejos que compõem diversas fachadas de construções coloniais do Centro Histórico, será oferecido às empresas que queiram estampá-la em seus produtos e peças promocionais.

“O nosso desafio foi engajar a sociedade com o sentimento de pertencimento e de preservação para que a gente possa chamar esse selo e o Centro Histórico de nosso. Então, por meio do contato com a Associação Comercial, algumas empresas já aderiram à campanha”, disse o presidente da Amdes, Felipe Mussalém.

Empresas como Fribal, Refrigerantes Psiu, Santé, Sabor da Ilha, Terra Zoo, Centro Elétrico, Potiguar Home Center, Blue Tree Hotel, Babaçu Turismo, Boulevard Turismo, Taguatur Turismo, Via Mundo Turismo, Hotel Luzeiros, Rio Poty Hotel, Gisela Diniz Cerimonial, Pousada Maramazon, Só Tortas já aderiram à campanha.

Estiveram presentes, também, ao evento, a vice-prefeita Esmênia Miranda; os secretários municipais de Comunicação, Igor Almeida; de Cultura, Marco Duailibe; de Agricultura, Pesca e Abastecimento, Liviomar Macatrão, de Segurança Alimentar, Nirvana Anchieta e a presidente do Instituto da Cidade, Érica Garreto.

Page 1 of 5

Desenvolvido em WordPress & Tema por Anders Norén